Água da chuva não deve ser ligada a rede de esgoto, alerta prefeitura



As fortes chuvas de verão evidenciam um problema recorrente: a ligação irregular de águas pluviais, vindas das chuvas, na rede de esgoto, que causa o rompimento ou extravasamento da mesma. A ligação inadequada pode fazer com que o esgoto retorne às residências por conta do alto fluxo e pressão, onde as tubulações e ralos internos servirão de válvula de escape. Ação irregular é proibida por lei e passível de punições, além de causar prejuízo ao sistema de esgoto.


A situação torna-se ainda mais crítica em épocas de chuvas, já que em muitas residências, o morador, por falta de informação, acaba despejando a água vinda das chuvas, que passam pelo telhado e quintal, diretamente na rede de esgoto. Essa prática causa um rápido aumento da quantidade e fluxo de água na tubulação, extravasando nas caixas de inspeção, que na maioria das vezes estão instaladas nas calçadas ou quintais.

Quando não há essas caixas, o fluxo de esgoto, excessivamente aumentado, acaba vazando dentro das residências através do vaso sanitário, dos ralos internos e até da pia da cozinha, ocasionando sérios riscos à saúde e transtornos aos moradores.


Para evitar o problema é necessário que o proprietário do imóvel faça as ligações corretamente, já que a rede de esgoto é dimensionada e serve para levar apenas a água do vaso sanitário, pia, tanque e chuveiro. Já a água da chuva deve ir para a rua, para correr pelo meio fio, e, assim, chegar ao sistema pluvial.


Segundo dados da Unidade Gestora de Infraestrutura Urbana de Várzea Paulista, o município tem aproximadamente 10 mil pontos irregulares.


Para mais informações ou denúncias entre em contato com a Ouvidoria Municipal pelo telefone 4595-0037, e-mail ouvidoria@varzeapaulista.sp.gov.br ou número de WhatsApp (11 – 94365-2884).


Fonte: Portal Prefeitura Municipal de Várzea Paulista

2 visualizações0 comentário