18 ameaças que podem destruir a humanidade



Você concorda que temos a consciência de que medidas "certas" precisam serem tomadas para salvar a Terra das principais questões ambientais?

Se ignorados hoje, esses efeitos nocivos certamente reduzirão a existência humana em um futuro próximo!

As questões ambientais são cruciais e não um mero “jogo de culpa”!

Aqui estão 18 questões ambientais atuais desastrosas que podem levar à perda de vidas humanas e à extinção de uma grande variedade de espécies, se não forem tratadas em tempo hábil.


1 - Poluição do ar, água e terra

A poluição não se limita apenas à água, solo e ruído, mas se estende a fontes luminosas, visuais, pontuais e não pontuais.


2 - Mudança climática

Hoje, a mudança climática é um processo menos natural!

Os efeitos nocivos das ações humanas são responsáveis por impactos perturbadores e prejudiciais para o equilíbrio meio ambiente.


3 - Aquecimento global

Nas últimas décadas, o acúmulo de gases cresceu rapidamente gerando uma série de preocupações com a saúde pública e o meio ambiente.


4 - Desmatamento e extração de madeira

Os efeitos a longo prazo do desmatamento podem ser severamente devastadores e alarmantes, causando um desequilíbrio climático e sérios problemas ambientais.


5 - Superpopulação

Apesar dos esforços envidados pelo governo em termos de planejamento familiar em muitos países, a superpopulação é difícil de controlar em nível internacional.

6 - Resíduos industriais e domésticos

Atualmente, toneladas de lixo são produzidas por cada família a cada ano, devido ao aumento da demanda por alimentos, abrigo e casa, mais bens são produzidos.


7 - Chuva ácida

A chuva ácida também pode ser causada devido a fontes artificiais, que incluem a combustão de combustíveis fósseis que liberam dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio na atmosfera.


Este impacto gera efeitos devastadores na vida aquática e florestas, bem como a saúde pública!


8 - Destruição da camada de ozônio

Durante as últimas décadas, a atividade humana e industrial contribuiu muito para uma redução considerável na camada de ozônio da atmosfera.


9 - Engenharia genética

A poluição genética e a alteração na produção de alimentos não só têm efeitos nocivos sobre os seres humanos, mas são responsáveis por preocupações cruciais conhecidas como a “modificação genética”.


10 - Expansão urbana

Hoje, a maioria dos países estão usando a terra de forma irresponsável para atender à crescente demanda dos desejos humanos.]


A longo prazo, isso pode ter um impacto prejudicial na sobrevivência humana e causar um sério problema ambiental.


11 - Derramamento de óleo

Os efeitos do derramamento de óleo ainda podem ser vistos após vários anos!

12 - Fraturamento hidráulico

O fraturamento pode levar a um aumento da poluição da água, um aumento no número de secas, a disseminação de toxinas, além de diminuir o foco em fontes de energia renováveis.

13 - Destruição dos recursos naturais

Como você já sabe, os recursos naturais e as fontes de energia não convencionais são limitadas, onde o excesso a exploração dessas fontes poderá levar ao aumento da poluição do meio ambiente e escassez das mesmas.


14 - Desertificação

Em outras palavras, é o resultado da degradação de terras secas e ecossistemas frágeis devido a atividades artificiais e variações no clima.


15 - Perda e destruição de habitats

A destruição do habitat pode levar à extinção de várias espécies, deslocamento da vida selvagem, perturbação dos sistemas subaquáticos, mudança na composição e qualidade do solo, entre outros.


16 - Perda de biodiversidade

A biodiversidade da Terra caminha para “tempos sombrios”!

Na era atual, os seres humanos são a causa mais perigosa da destruição da biodiversidade da Terra.


17 - Crise hídrica

Você sabia que apenas 2,5% de toda a água do mundo é de água doce?

De acordo com a OMS, uma a cada três pessoas no mundo não tem acesso a água potável ou potável.


18 - Pandemia

Peste negra, gripe espanhola, tuberculose e, mais recentemente, ebola mataram milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar de letais, essas doenças geralmente são controladas. Isso acontece porque existem pessoas resistentes ao agente patogênico (vírus ou bactéria), o que torna os descendentes dos sobreviventes mais resistentes.

Já no caso de uma doença criada pelo ser humano, a possibilidade do aumento da resistência é baixa. Um dos estudos mais famosos sobre o assunto é o da Universidade de Wisconsin-Madison, sobre a gripe aviária.

Ele demonstra que o poder de contágio de uma doença pode ser deliberadamente aumentado, provocando uma pandemia. É um cenário que pode acontecer se armas biológicas forem usadas numa guerra ou num ataque terrorista.



11 visualizações0 comentário