top of page

A Seca na Amazônia: Uma Ameaça para Todo o Brasil?

A Amazônia, a maior floresta tropical do mundo, é um dos ecossistemas mais importantes para o equilíbrio global. No entanto, nas últimas décadas e principalmente nos últimos dias, vemos a região enfrentar um problema cada vez mais grave: a seca. Essa seca na Amazônia não é apenas um desafio local, mas também representa uma ameaça real para o restante do Brasil e até para o mundo.

Fonte: Canva Pro


Neste artigo, discutiremos como a seca na Amazônia pode impactar o país como um todo.

 Um cenário desolador! 


Temos visto nas mídias diversas reportagens e fotos impressionantes e tristes da seca na Amazônia. Imagens de mortalidade de peixes e botos, relatos de ribeirinhos que ficaram ilhados devido a impossibilidade de navegar pelos rios. Isso tudo pode ter sido consequência da chegada do verão amazônico que já são secos somado às temperaturas incomumente altas das águas do Atlântico norte e a ocorrência do fenômeno El Niño (AGÊNCIA PÚBLICO, 2023).


“[...] em apenas três dias, que cerca de cem botos rosas e tucuxis (um outro tipo de golfinho) apareceram mortos no Lago Tefé, 550 km acima de Manaus pelo rio Solimões, que forma o Amazonas” (Engenheiro ambiental Ayan Fleischmann através de reportagem a AGÊNCIA PÚBLICO, 2023).


“Até agosto o nível do rio estava abaixo da média, mas dentro do esperado. Chegou em setembro, despencou. O nível do Solimões começou a diminuir 30 centímetros por dia, tivemos até de instalar uma nova régua para medir o nível da água. E no Lago Tefé chegamos a medir a temperatura de 39ºC” (Engenheiro ambiental Ayan Fleischmann através de reportagem a AGÊNCIA PÚBLICO, 2023).

Fonte: Canva Pro


A situação pode ser ainda pior, uma vez que este cenário pode se estender até janeiro e com isso o número de municípios afetados com a seca pode aumentar (G1a, 2023). “A estiagem é mais grave na chamada Amazônia Ocidental: Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas” (G1a, 2023).


Como essa seca afeta o restante do país?


As consequências podem ser diversas e graves, começando pela falta de água potável, mortalidade de animais, impactos à flora, umas das grandes preocupações é que as queimadas que acontecem devido às secas podem afetar as zonas de várzeas e igapós que são difíceis de serem regeneradas. 


Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden)


“o aumento da temperatura e a redução na umidade dos solos amazônicos já afetam áreas destinadas para a agricultura e a pecuária em 79 municípios, sendo 55 no Pará e 13 em Roraima” (BRASIL DE FATO, 2023). 

Outro problema grave são os impactos à saúde, uma vez que inúmeras doenças podem ser transmitidas devido a água contaminadas e alta concentração de esgoto presente nos corpos hídricos (90% do esgoto de Manaus não é tratado). O aumento de temperatura também ajuda na propagação de mosquitos e insetos que podem ser transmissores de doenças, além de agravar complicações de doenças cardiovasculares e pressão alta.


“A água está vindo praticamente como uma sopa de contaminação e de matéria orgânica, de cauxi [um tipo de esponja amazônica],  de lama, de sedimento. A água nesse período está mais complicada de uso, já estão proibindo o banho em alguns lugares como na Ponta Negra” (Carlos Durigan, cientista diretor da WCS Brasil -BRASIL DE FATO, 2023). 

Além disso, há a questão econômica, pois com a falta de água é necessário prover fontes alternativas de abastecimento para população, há aumento de despesas em relação a saúde e também há um impacto na economia nacional devido a impossibilidade de escoamento de mercadorias para o restante do país, uma vez que muitas são transportadas via hidrovias. 


Fonte: Canva Pro


“[...] o canal de travessia na hidrovia do rio Tapajós ‘está sendo afetado pela estiagem e pela vazante, comprometendo a navegabilidade e resultando em graves reflexos sociais e econômicos na região, que depende do transporte hidroviário’” (G1b, 2023).


 Como lidar com a seca na Amazônia e suas consequências?

Para enfrentar essa ameaça, é necessário um esforço conjunto. Aqui estão algumas ações que podem ser tomadas:


  • Combate ao Desmatamento: é fundamental tomar medidas rigorosas para conter o desmatamento ilegal e promover a restauração florestal;

  • Investimento em Infraestrutura Hídrica: O desenvolvimento de infraestrutura para armazenamento e distribuição de água pode ajudar a mitigar os impactos da seca em regiões afetadas;

  • Promoção da Agricultura Sustentável: Incentivar práticas agrícolas sustentáveis pode ajudar a mitigar os impactos da seca na produção de alimentos e reduzir a pressão sobre a Amazônia;

  • Conscientização e Educação: A conscientização pública sobre a importância da Amazônia e os riscos da seca é fundamental para promover ações de conservação e políticas ambientais responsáveis.

A seca na Amazônia não é apenas um problema local, mas uma ameaça que afeta todo o Brasil. A preservação desse tesouro natural é essencial para garantir a segurança hídrica, a produção de alimentos e a estabilidade climática em todo o país. É responsabilidade de todos nós contribuir para a proteção da Amazônia e para a mitigação dos impactos da seca em nossa nação.

 

Fonte:

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page