Associação Eco & Vida quer ajudar coletores de reciclagem de Várzea Paulista

Atualizado: 3 de mai.

Para mais informações o número do telefone (11) 9.9792-9680 foi dispobilizado.



Trabalhadores informais, mais conhecidos como “coletores”, recuperam e vendem materiais recicláveis retirados das ruas – um trabalho nobre e honroso que garante a coleta e triagem de materiais recicláveis, gerando múltiplos benefícios sociais. Porém, em muitos casos esses homens e mulheres são explorados, pagando a eles uma valor menor pelos resíduos, bem abaixo do mercado, gerando mais lucratividade ao comprador, que repassa bem mais caro para as empresas que transformam os itens em novos produtos.


Há situações de coletas em lixões a céu aberto, prejudicando a saúde com a exposição, principalmente com a possibilidade de doenças como malária, leptospirose, entre outras, sem mencionar acidentes com objetos cortantes, tendo o risco de infecção e perda de membro.


Preocupado com este grupo, a Associação Eco & Vida, atuante em Várzea Paulista na coleta seletiva e educação ambiental está se mobilizando para cadastrar os coletores, oferendo orientações como manejo, segurança e valor mais humano pelos produtos. Para Tiago Gonçalves, não é o lucro que conta e sim o resultado de tirar das ruas os resíduos e a valorização desta gente, que por necessidade são submetidas à exploração.

Tiago comenta que o número de coletores de recicláveis triplicou, ele acredita que é pelo índice de desemprego, principalmente para aqueles sem as habilidades necessárias para atender ao novo mercado. Para sobreviver, os excluídos criaram novas alternativas. Reconhece a importância deste trabalho à sociedade: Os resíduos coletados não serão lançados no solo, nem nos rios. Esses anônimos colaboram com a preservação ambiental e precisam ser respeitados e valorizados - finalizou


No projeto da Associação Eco & Vida está incluso um estudo para vários benefícios para os coletores, além do valor pago pelos resíduos, outras alternativas serão: alimentação gratuíta no estilo "Bom Prato" e doação de hortaliças para composição da alimentação de suas famílias. Para o acesso, eles terão que assistirem e participarem de palestras com orientações.


Para mais informações o número do telefone (11) 9.9792-9680 foi dispobilizado.


33 visualizações0 comentário