top of page

Eco & Vida participa de mobilização contra o mosquito da dengue



Foram iniciadas em Várzea Paulista, nesta segunda-feira (21), ações educativas que fazem parte da Semana Estadual de Mobilização Contra o Mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue, à zika e à Chikungunya.


Em Várzea Paulista a Prefeitura Municipal por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses, tem como meta conscientizar a população sobre a importância da prevenção contra essas enfermidades, e na ocasião, o caminhão da Associação Eco & Vida irá passar pelas regiões agendadas para o recolhimento de materiais favoráveis à proliferação do mosquito aedes aegypti. O vetor, além da dengue, ainda é o responsável por transmitir doenças como chikungunya, febre amarela e zika vírus.


Também ocorrerão atividades educativas na CEMEB Manoel Caetano de Almeida.

Vídeo enviado pelo motorista Reginaldo Rossi


Prevenção e cuidados

O enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti é uma tarefa contínua e coletiva. As principais medidas de prevenção são:

– Deixar a caixa d’água bem fechada e realizar a limpeza regularmente;

– Retirar dos quintais objetos que acumulam água;

– Cuidar do lixo, mantendo materiais para reciclagem em saco fechado e em local coberto;

– Eliminar pratos de vaso de planta ou usar um pratinho que seja melhor ajustado ao vaso;

– Descartar pneus usados em postos de coleta da Prefeitura.


Sintomas e prevenção

Os sintomas de dengue, chikungunya ou zika são semelhantes. Eles incluem febre de início abrupto acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele, manchas vermelhas pelo corpo, além de náuseas, vômitos e dores abdominais. A orientação do Ministério da Saúde é para que a população procure a unidade ou serviço de saúde mais próximo de sua residência assim que surgirem os primeiros sintomas.


A prevenção é a melhor forma de combater a doença. Evitar água parada, esvaziar garrafas, não estocar pneus em áreas descobertas, não acumular água em lajes ou calhas, colocar areia nos vasos de planta e cobrir bem tonéis e caixas d’água são algumas iniciativas básicas para evitar a proliferação do vetor. Todo local de água parada deve ser eliminado, pois é lá que o mosquito transmissor coloca os seus ovos.



Veja também:

Prefeitura de Várzea Paulista contra o mosquito da Dengue

https://www.ecoevida.org/post/prefeitura-de-v%C3%A1rzea-paulista-contra-o-mosquito-da-dengue?fbclid=IwAR3ZGhakyZVCtHH3ic3s-64JKDP_S74CkbooeB5frCjZfuZPQlNbPI8YvuY

10 visualizações0 comentário
bottom of page