top of page

GCM de Várzea Paulista implanta Botão do Pânico em todas as escolas municipais e particulares

Além da tecnologia que agiliza eventuais pedidos de socorro, ronda escolar é intensificada nas escolas de todo o município



A CIC (Central de Inteligência e Comunicação) da GCM (Guarda Civil Municipal) de Várzea Paulista concluiu, nesta sexta-feira (14), o treinamento, implantação e teste do Botão do Pânico em todas as escolas da Rede Municipal de Ensino e todos os colégios particulares da cidade — mais de 40 escolas ao todo. Segundo o inspetor da GCM, Bárcaro, responsável por essa área de inteligência da GCM, todas as escolas contam com o aplicativo para agilizar possíveis pedidos de socorro.


O profissional explica que a equipe do setor técnico, que inclui técnicos de informática, conseguiu preparar um tutorial, treinar as escolas, acompanhar a implantação e fazer os testes necessários. Tudo em poucos dias, a partir da última terça-feira (11), quando todo esse processo se iniciou

.

A Prefeitura também destaca o efetivo trabalho da Ronda Escolar realizada pela GCM (Guarda Civil Municipal), que vem reforçando o patrulhamento e auxílio aos educadores durante as aulas nas escolas municipais. A Prefeitura adotou medidas para garantir que o ambiente escolar permaneça seguro para todos.



A ação é realizada em todas as regiões da cidade, as viaturas da Ronda Escolar presentes em frente as escolas durante toda a semana para que a tranquilidade seja mantida. Além disso, a Prefeitura monitora a entrada e saída dos alunos através de câmeras para garantir que tudo transcorra dentro da normalidade.


O GCM (Guarda Civil Municipal), Nabas orientou as crianças da Cemeb Padre Wilfrido que caso observem algum comportamento estranho ou suspeito dentro do âmbito escolar, que informem imediatamente os educadores e que peçam aos seus pais e responsáveis que sempre verifiquem suas mochilas antes e depois de voltarem da escola.



Ações preventivas

É importante frisar que, além das rondas e patrulhamento, a Prefeitura já vem ampliando o trabalho preventivo de segurança, como o grupo de WhatsApp com integrantes da escola, PM e GCM para troca de informações e pedidos de ajuda, um Botão do pânico para agilizar pedidos de socorro em casos de violência, a convocação de profissionais aprovados em concurso público para reforçar os recursos humanos das escolas que atuam em funções importantes para a segurança; e a intensificação da identificação de visitantes, a fim de evitar ao máximo a entrada de pessoas mal-intencionadas no ambiente escolar.


A Polícia Militar do Estado de São Paulo também vem fazendo um trabalho em parceria com a Ronda Escolar da GCM no apoio do patrulhamento e na garantia da tranquilidade dos moradores.

1 visualização0 comentário

コメント


bottom of page