Jovem desaparecida após pegar Uber em Sumaré ainda não foi localizada

Familiares não têm notícias de Aila Bruna Rossique de Carvalho, de 24 anos, desde 29 de abril


Imagem : Divulgação


A jovem Aila Rossique, de 24 anos, moradora do bairro Bandeirantes, em Sumaré, desapareceu após solicitar uma corrida por aplicativo no último dia 29. Segundo familiares, Aila trabalhava como agente de saúde e teria sido desligada há pouco tempo. Em seguida, teria informado a uma tia que faria um “bico” como segurança na cidade vizinha, Campinas

.

Aila não avisou os familiares, mas teria comentado com uma amiga que iria para a cidade de São Paulo. Ela chegou a entrar contato com o irmão, mas em seguida cortou completamente o contato com a família. A relação entre a jovem e a família era boa, e a mãe de Aila, não vê motivos para que a filha partisse sem dar satisfação.

A Polícia Civil e a Polícia Militar foram acionadas e seguem tentando solucionar o caso. A última pista foi uma movimentação através de cartão de crédito após a jovem solicitar um carro de aplicativo. Os familiares disponibilizaram números de telefone para quem tiver informações sobre o paradeiro de Aila: 19 974182341 / 19 991506873.


Imagem : Divulgação












12 visualizações0 comentário