Milhões de caranguejos canibais fazem caminhada anual para o mar

Evento anual registrado na Austrália reúne cerca de 50 milhões de animais, que se reproduzem e desovam no mar

Foto: Reprodução


Tudo começa com a primeira chuva da estação chuvosa do fim do ano, entre outubro e novembro. As precipitações iniciam os preparativos dos machos, que começam a marchar e encontram as fêmeas no meio do caminho, o que inicia o processo de reprodução.

A desova — influenciada pela fase da lua, segundo os biólogos — geralmente ocorre no final de novembro. Cada fêmea excreta cerca de 100.000 ovos no oceano, durante as cerca de seis noites da migração.


Mais ou menos um mês depois, os filhotes que eclodiram farão a rota inversa para se abrigar na floresta. Obviamente, apenas os que sobreviverem, uma vez que boa parte dos ovos servirá de alimento de peixes, arraias e tubarões-baleia.


E aí entra o canibalismo: para festejar o sucesso do período de desova, os machos também devoram os próprios filhotes.


Em outras palavras: diversas espécies estão interessadas na caminhada dos caranguejos.


Fonte: Agora | R7


22 visualizações0 comentário