Motoristas estão preocupados com árvore na Estrada Velha de SP


Há pouco mais de um mês, o jundiaiense, Denilson Ribeiro, 32 anos, viu a morte de perto quando um eucalipto que estava com a base do caule queimada caiu sobre o veículo em que ele estava. Agora, uma outra árvore tem o assustado todas as vezes que passa pela Rodovia Tancredo de Almeida Neves, antiga estrada Velha de São Paulo, em frente ao Clube de Campo dos Metalúrgicos. Aparentemente a árvore não oferece risco, parece estar em boas condições, porém depois da experiência que teve, prefere se precaver.


Um pé de figueira, com mais de 10 metros de altura, faz parte do cenário na rodovia, e quem passa pelo local já se acostumou com a imagem da imponente árvore.


Ela cresceu naturalmente inclinada em direção à pista, o que agrava o risco de cair sobre qualquer veículo que estiver transitando pela estrada. Se ventar um pouco, o pior pode acontecer”, comentou Denilson.


“Eu faço esse trajeto todos os dias, porque moro no bairro de Santa Gertrudes, em Jundiaí. Por isso, a vítima pode até ser eu, de novo, e ninguém toma uma atitude”, reclama.

A preocupação ganhou visibilidade depois que Denilson postou sua preocupação nas redes sociais, tendo mais de 20 mil likes e 5 mil comentários.


A responsabilidade pela área ao lado da rodovia é do DER – Departamento de Estradas de Rodagem. A Eco & Vida, tentou contato com os responsáveis, mas não teve retorno neste domingo (06).


Foto: Dircélio Timóteo


24 visualizações0 comentário