top of page

Mulher procura por mãe biológica após descobrir que foi sequestrada quando nasceu

Atualizado: 1 de fev.




Thais Fernandes de Sousa, 44 anos, de Monte Alto, SP, procurou as autoridades policiais para relatar um evento traumático que marcou sua vida desde o momento em que veio ao mundo. O relato de Thais remonta a 1979, quando, recém-nascida, foi vítima de um sequestro em um hospital público em Jundiaí, SP.


Segundo Thais, o sequestro foi perpetrado por uma enfermeira do hospital, um crime que moldou sua existência desde então. A vítima só descobriu a verdade sobre sua história aos 14 anos de idade, um momento marcado por uma enxurrada de emoções, dor e incertezas.


"Foi na minha maioridade que decidi investigar", declarou Thais à polícia. "Descobri o paradeiro da enfermeira, que na época negou tudo."

A busca pela verdade levou Thais a uma postagem corajosa em suas redes sociais, compartilhando o primeiro nome de sua mãe biológica, Durvalina, a única pista que tinha em mãos.


"Tentei obter ajuda no hospital para comparar os registros das mães que deram entrada na época", disse Thais. "Foi em vão, não quiseram colaborar "

A jornada de Thais em busca de suas origens ganhou força com o apoio inabalável de sua filha Rafaela, determinada a ajudar sua mãe a desvendar esse mistério que a atormenta há décadas. Rafaela também foi responsável por rastrear a família da enfermeira sequestradora, lançando luz sobre os eventos que moldaram a vida de Thais.


Descobriu-se que, em 1979, a enfermeira levou a criança para sua casa após o sequestro, contando ao marido sobre sua motivação. Após enfrentar a resistência do esposo, contou com a ajuda de uma vizinha para cuidar da criança temporariamente. Eventualmente, conseguiram registrar a criança em Várzea Paulista, SP.


A jornada de Thais e Rafaela agora se concentra na busca pela mãe biológica, alimentada pela esperança de que detalhes como a aparência física ou a data de nascimento possam trazer alguma pista. Ambas anseiam pelo apoio de um advogado disposto a auxiliar em suas investigações, pois enfrentam dificuldades financeiras para arcar com os custos dessa busca incansável.


De um lado, está uma filha em busca de suas raízes, do outro, uma família que, por mais de quatro décadas, carrega a angústia de uma perda inexplicável durante o parto. Essa história, entrelaçada por mistério e determinação, aguarda ansiosamente por um desfecho que traga respostas e, talvez, um reencontro tão aguardado.



Thais Fernandes de Sousa - arquivo pessoal



Thais Fernandes de Sousa - arquivo pessoal



l


105 visualizações0 comentário
bottom of page