top of page

ONG entrega 1° casa sustentável erguida com blocos de plástico reciclável

A ONG Teto, que entregou a casa sustentável e reciclável para Rejane, prometeu fazer a entrega de mais 1000 moradias semelhantes. Foto: Reprodução/TETO Brasil.


A ONG Teto entregou a 1° casa sustentável construída a partir de material reciclável. A montagem da estrutura se assemelha a blocos de lego e a residência foi erguida em menos de 15 horas.


A felizarda, escolhida para receber o imóvel, foi Rejane Alves de Souza, de 45 anos, mãe de 9 filhos e avó de 12 netos, que recebeu a casa no último dia 1º. Rejane mora na comunidade Porto de Areia, em Carapicuíba, São Paulo, local fundado por catadores de lixo.


A construção vai trazer dignidade para a moradora, além de ajudar o meio ambiente

retirando duas toneladas de lixo da natureza por casa construída. A moradia é só a primeira de 100 que serão entregues pela Teto para pessoas em situação de vulnerabilidade.


Moradia Semente Eco Sustentável

Chamada de Moradia Semente Eco Sustentável, a casa teve seu primeiro protótipo entregue na comunidade onde a Teto atua há mais de sete anos.


O projeto, que já foi premiado, foi lançado no início deste ano. As moradias são focadas para pessoas em situação de hipervulnerabilidade. Todas as residências terão 27m².


A Moradia Semente Eco Sustentável tem como principal meta substituir barracos feitos apenas com lona e madeirite, propiciando condições básicas de sobrevivência para moradores.


Sustentabilidade

A casa é toda sustentável, a começar pelos blocos recicláveis desenvolvidos pela Fuplastic.


No telhado, mais sustentabilidade, material 100% reciclável feito com caixinhas de leite, de suco e de creme dental. A preocupação com a natureza também pode ser vista na solução de captação de água da chuva e nas placas de energia solar, que abastecem a residência.


O projeto Eco Sustentável tem portas e janelas fornecidas pela Esquadrisul. Ao todo, são três cômodos, incluindo banheiro, instalação hidráulica e elétrica.


Tratamento de esgoto

As soluções ecológicas não param, a ONG Biosaneamento foi a responsável pela instalação de um sistema para tratamento dos esgotos.


Composto por um biodigestor e uma vala de infiltração do efluente, a casa tem a garantia de um tratamento adequado e que ainda não polui o meio ambiente.


“A consolidação desta parceria com a Teto neste novo modelo de casa é fundamental para levar este projeto para mais família. Queremos também usar esta mesma tecnologia para fazer um projeto de módulos sanitários junto com a TETO’, destacou Luiz Fazio, presidente da Biosaneamento.

Para a instalação hidráulica, os materiais foram fornecidos pela Amanco Wavin e os profissionais da empresa participaram como voluntários da instalação.


“Proporcionar uma moradia com pegada sustentável e que forneça conforto e segurança para brasileiros que estão em situação de vulnerabilidade é uma iniciativa que temos orgulho de apoiar”, afirmou Glaucia Faria, Gerente de Sustentabilidade da Amacon Wavin.

Gratidão

Se tem uma palavra que representa o sentimento da família beneficiada pela entrega da casa é gratidão.


Rejane foi morar em Porto de Areia depois de ter um problema na coluna e perdeu o emprego. A mulher, que já venceu o câncer, hoje tem um lugar digno para morar.

Emocionada, Rejane lembra que o filho sofreu bullying na escola por viver em um barraco vulnerável, mas hoje a criança virou o jogo e tem orgulho de falar que mora numa casa única em todo o Brasil.


“O que eu quero dizer a todos é que estou feliz por ter essa oportunidade de ter minha casa e poder dormir tranquilamente com meus filhos. Desejo que muitos possam ter essa chance de realizar um sonho realizado”, disse.

Generosidade e empatia

A mulher também fez um apelo.


“Peço a todos que tiverem condições, que abracem esse projeto e ajudem essas pessoas maravilhosas a alcançarem mais famílias em situações semelhantes a minha”, pediu Rejane.

A ONG Teto, responsável pela entrega da casa sustentável construída a partir de material reciclável, está presente em 18 países da América Latina.


No Brasil, a ONG realiza projetos há 15 anos e tem mobilizado voluntários para atuar junto com moradores em comunidades precárias, construindo soluções para proporcionar melhores condições de moradia e habitat



As estruturas se encaixam como se fossem blocos de lego, proporcionando rapidez na montagem da residência. Foto: Reprodução/TETO Brasil.


Com informações de Ciclo Vivo e Abcdoabc

1 visualização0 comentário
bottom of page