Pais de menina que queria comprar pizza fiado agradecem doações

Com apenas uma semana da vaquinha para a Kamilly, a menina que queria comprar uma pizza fiado, os pais dela estão emocionados com tanto carinho. Marcelo Donizeti da Silva e Patrícia Aparecida Alves estão muito felizes com a repercussão e com a ajuda que têm recebido.



A história da Kamilly viralizou no início de abril, após ela pedir a um entregador para tentar comprar uma pizza fiado.


Além de ter recebido várias pizzas de presente, a família recebeu apoio também com cestas básicas e até brinquedos para a garotinha, contou o entregador Marcelo, que fez toda essa história acontecer nas redes sociais.


Pedido comoveu entregador

A pequena Kamilly da Silva, de 8 anos, emocionou o entregador de pizzas Flávio Tupan, de 39 anos, em Vargem Grande do Sul, São Paulo.


Sem ter como pagar, ela perguntou ao motoboy se os donos eram “bonzinhos” e se deixavam ela “marcar uma pizza” (vender fiado) para que a mãe pudesse pagar depois.

Flávio ficou bastante comovido com o pedido da menina e compartilhou a história no Facebook. Logo em seguida, uma linda corrente do bem se formou para que a família fosse amparada.


“Essa ajuda, graças a Deus, está fazendo uma diferença enorme. Agradeço de coração. Eu trabalho de segunda a sexta só que o dinheiro que eu ganho, mal dá pra manter as coisas dentro de casa. Estou devendo três aluguéis”, disse Marcelo em entrevista para a imprensa local.


Gente querendo ajudar a família

Após a publicação, Flávio conta que recebeu mensagens de várias pessoas querendo fazer algo pela família.


“Um monte de gente querendo ajudar. E todo mundo queria mandar [a comida] naquele dia mesmo. Donos de estabelecimentos, pizzaria, lanchonete, gente querendo doar cesta básica”, contou.


O entregador se organizou e, no primeiro dia, entregou um pouco de mantimentos, duas pizzas e um empadão. Mas as doações continuaram e a família da garota também ganhou lanches, porção de mini-pastéis e cesta básica.


Além disso, sensibilizados com a história, moradores da cidade se organizaram para doar brinquedos para a garota.


A empatia do entregador

O entregador ressaltou que fez a publicação na rede social para ajudar e não de se promover. E que tomou essa decisão porque também tem filhos e sabe como é quando uma criança pede algo e o adulto não consegue dar.


“A gente sabe como dói ver uma criança ir dormir com vontade de comer alguma coisa, por isso quis fazer alguma coisa. Eu mesmo não tinha como ajudar, só vou receber dia 30. Por isso postei no face”, disse.


A vaquinha da Kamilly

Kamilly mora com os pais e tem uma vida muito humilde. A mãe dela, Patrícia Aparecida Alves, é dona de casa e Marcelo trabalha como auxiliar de serviços gerais.


Marcelo está doente e precisou se afastar do emprego. Só que agora ele teve o auxílio-doença cortado e a família está sem renda. Para manter as contas, ele trabalha capinando terrenos.


A família passa por muitas necessidades. Com o salário mínimo, mal conseguem manter a casa. Kamilly tem deficiência intelectual leve e precisa de medicamentos que nem sempre têm no posto de saúde.


Lançamos uma vaquinha para ajudar um pouco mais a garotinha e os pais. O valor será destinado para pagar os aluguéis atrasados e comprar mantimentos para a casa, para que eles tenham a alimentação garantida até Marcelo voltar ao trabalho.


A Kamilly é uma garotinha sempre sorridente, apesar de tímida. Os pais demonstraram muito orgulho dela, pela ingenuidade e naturalidade com que encara algumas adversidades do dia a dia.


“Ela estava querendo a pizza, tadinha, começou a chorar. Naquela noite a gente comeu comida normal. Ela ficou: ‘mãe do céu, eu quero uma pizza’. Mas filha, a mãe não tem condições agora de comprar. Ela ficou com vontade”, disse Patrícia.


Nós podemos, juntos, mudar muito a realidade dessa família! Com valores a partir de R$ 1 real, conseguimos atingir o valor necessário para proporcionar essa transformação. Já arrecadamos 16% do valor e podemos ir além!



Para conseguir ajuda a menina, Flavio fez um post no Facebook. Foto: Reprodução/Facebook



Após a menina tentar comprar pizza fiado, a família recebeu ajuda – Foto: arquivo pessoal


Fonte: Monique de Carvalho | Site: Só Notícia Boa


42 visualizações0 comentário