Reservatório da Grande São Paulo opera com capacidade de 44,8%

Sabesp afirma que não há risco de desabastecimento



(Foto: Divulgação/ Sabesp)


O sistema de abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo opera com capacidade 44,8%, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (5) pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).


A situação dos mananciais mostram que o Sistema Cantareira tem 32,4%, o Alto Tietê está com 49,6%, Guarapiranga com 58,9%, Cotia com 58,3%, Rio Grande com 89,3%, Rio Claro com 45,4% e São Lourenço com 66,5%.


Em nota, a Sabesp orienta que a população economize água, porém, negou possível desabastecimento. "Não há risco de desabastecimento neste momento na Região Metropolitana de São Paulo, mas orienta o uso consciente da água em qualquer época e em todos os municípios em que opera,” informou a companhia.


A Sabesp ainda apontou que a capacidade atual é semelhante ao nível do ano anterior, que chegou a 42,9%. A companhia ainda completou dizendo que, desde a crise hídrica no país, investimentos foram feitos para evitar o desabastecimento.


"Os investimentos são parte de um conjunto de medidas adotado para a segurança hídrica, que inclui também a implantação do novo sistema São Lourenço e a interligação da bacia do Paraíba do Sul com o Cantareira, além da ampliação da infraestrutura e gestão da pressão noturna para redução de perdas na rede."

1 visualização0 comentário