Senhora que chorou ao vivo na TV por não ter comida agradece apoio


Dona Janete tem recebido muita ajuda de todo o Brasil. Fotos: reprodução/vídeo


E, com o apoio de milhares de pessoas, dona Janete Evaristo, que chorou ao vivo em entrevista ao contar que não tinha comida em casa para alimentar a família, volta a sorrir e a ter esperança de dias melhores!


Desde a repercussão do vídeo, na última terça-feira (21), a senhora tem recebido muita ajuda com doações em forma de alimentos e mensagens de carinho. Ainda, tem uma vaquinha online que já arrecadou até o momento mais de R$ 30 mil.


“Eu quero agradecer a todo mundo que me ajudou. Esse dinheiro vai ajudar a minha e aos meus netos nos estudos e a reformar nossa casinha”, disse emocionada para o Só Notícia Boa.


Na fila para receber comida

Tudo aconteceu quando ela estava na fila do Prato Feito Carioca – programa da Prefeitura do Rio, que distribui refeições a quem não tem o que comer.


Dona Janete deu uma entrevista à repórter Lívia Torres e contou que perdeu a filha há dois anos e o marido há apenas 6 meses. Moradora da comunidade Morro dos Macacos, em Vila Izabel, no Rio de Janeiro, ela hoje vive sozinha com 4 netos para sustentar.


Quando ela disse isso, a repórter também se emocionou e pediu desculpas por ter tocado num assunto tão delicado para a senhora.


“As pessoas estão passando fome (…) em pleno 2022”, disse a repórter ao vivo.

Apoio do Brasil todo

Com a repercussão, uma linda corrente do bem se formou no Brasil todo! Inclusive, ela até já fez o seu primeiro mercado com os netos.


“Deixei meus netos pegarem o que quiserem. Eu disse para eles ‘hoje pode’”, disse toda feliz.

Juntamente com todos, nós abraçamos a dona Janete. Estamos com uma vaquinha online aberta para que ela possa levar o sustento de casa dela por pelo menos 1 ano.


“Estou muito emocionada com tanto carinho que tenho recebido, não esperava”, disse ao Só Notícia Boa.


O valor da campanha é para garantir por um ano comida e contas da casa, além de terminar a casinha dela, que nem móveis direito tem.



O mundo ainda tem jeito!


Fonte: Só Notícia Boa

2 visualizações0 comentário