Sistema de redes para evitar que resíduos cheguem aos mares e rios

A empresa de engenharia catalã TecnoConverting Engineering, localizada em Sant Fruitós de Bages (Barcelona), criou um novo sistema para evitar que os resíduos sólidos dos esgotos cheguem aos mares ou rios.


O sistema tem o nome de Tecno-Grabber e é composto por tubos de malha que são integrados aos coletores de esgoto. Esses tubos param de resíduos sólidos filtrando a água que vem de diferentes pontos ou áreas.

Em um teste piloto na cidade de Sabadell, cada malha prendeu mais de 100 quilos de resíduos que se acumularam após três chuvas. Ao longo de um ano, mais de 2,7 toneladas de resíduos foram coletados e impedidos de chegar ao rio.

Já em Tarragona, outro município com Tecno-Grabber, a previsão é de que 5,5 toneladas de lixo por ano sejam retidas.


Uma cidade de médio porte pode ter entre 150 e 200 pontos de esgoto que podem operar com esse sistema, com o qual se calcula que a retenção de resíduos pode ficar entre 500 e 1.000 toneladas por ano em um único município.



O Tecno-Grabber é uma solução muito simples para este grande problema de resíduos que chegam aos rios e mares, além de um preço acessível em comparação com outros sistemas alternativos, que até agora têm sido menos eficazes. Eles também podem ser reutilizados várias vezes.

As malhas são feitas de plástico de alta resistência. Elas são baseados em um sistema de malha trançada em forma de tubo de dois metros de comprimento. São capazes de suportar uma grande quantidade de material sem quebrar. E ambém são rápidos e fáceis de instalar para que estejam prontos durante períodos de chuva.

Com informação extremomundial



14 visualizações0 comentário