Suspeitos são flagrados cortando vegetação na Serra do Japi para comércio

O material seria vendido para o comércio de uma empresa em SP


Guarda Municipal da Divisão Florestal fazia patrulhamento quando flagrou três suspeitos, um deles sendo uma mulher, retirando plantas nativas de uma área de preservação ambiental da Serra do Japi para uma empresa de paisagismo da capital paulista.


Durante o patrulhamento os guardas notaram um veículo da empresa próximo da estrada laranja azeda, que dá acesso à cidade de Cajamar.


Segundo os guardas, os suspeitos cortavam a vegetação para confecção de arranjos, o que é proibido por se tratar de reserva ambiental.


Os guardas Squaiella, Magalhães e André, sob a coordenação do subinspetor Vanderlei, encaminharam o trio até o 6º DP para esclarecimentos. Eles ficarão à disposição da justiça e irão responder pela prática de crime ambiental.


A Divisão Florestal da GMJ mantém o patrulhamento da Serra do Japi 24 horas por dia.

10 visualizações0 comentário