VENDEDOR DE BISCOITO CHORA AO NOTAR QUE NÃO PODERÁ MAIS VENDER ÀS MARGEM DA ESTRADA VELHA DE SP


Foto: Rafael H. André


Um vendedor ambulante que utiliza a rodovia Presidente Tancredo Neves (antiga Estrada Velha de São Paulo ), levou um susto ao ir trabalhar na tarde desta quarta-feira (13) em seu habitual ponto de venda às margem da rodovia, no km 55, próximo ao bairro do Jardim Santa Gertrudes, ao notar que o local foi fechado por uma contenção (guard rail).


Segundo Rafael Henrique André, a surpresa foi tão grande que não conteve o choro, já que usa um bolsão da rodovia para vender biscoitos, cuja renda utiliza para pagar aluguel e outras despesas.



Produtos diferenciados são a base dos vendedores que garantem a fidelidade dos clientes, principalmente pelo grande fluxo de veículos na rodovia e pela construção de um empreendimento imobiliário no local que faz circular um número grande de consumidores no comércio informal – maior parte de pedreiros, ajudantes e até engenheiros.


Em desabafo nas redes sociais, Rafael disse que não sabe o que fazer a partir de hoje, em que ponto irá trabalhar, e que a situação imposta afetará além dele, outros quatro comerciantes, que como ele dependem do espaço.


Foto: Reprodução Google

857 visualizações0 comentário