Curiosidades sobre as baratas


Como todos nós sabemos, a sociedade consegue controlar muitos tipos de pragas e até exterminá-las, porém certos bichinhos se mostram resistentes a muita coisa. Estes pequenos seres, que tem em média 4cm, 3 pares de pernas e um par de antenas são as baratas, insetos que causam medo ao ser humano, não só sustos em alguns de nós, como também podem transmitir uma série de doenças!


Abaixo você irá conferir algumas curiosidades e entender melhor como as baratas podem ser nocivas ao homem e quais as suas fraquezas, seu perigo e suas impressionantes capacidades de se manter viva, você entrará agora no mundo das baratas!


Origem e espécies


As baratas são seres bastante antigos neste planeta e datam desde antes dos dinossauros, entre 400 e 300 milhões de anos atrás, sempre sobrevivendo e se expandindo, porém quase sem mudanças morfológicas. As mais conhecidas são as que moram no nosso lar (entre as diversas espécies apenas 20 convivem conosco) como por exemplo a barata americana e a germânica.





Perigos ao homem!


Elas são o principal vetor de doenças ao ser humano!!! Podem causar 32 doenças por bactérias, 17 por fungos, 3 por protozoários e 2 por vírus, por isso devemos temer as baratas, não por serem seres 'asquerosos', e sim porque transmitem muitas doenças. E por incrível que pareça elas estão presentes em nossa alimentação! Uma recente pesquisa confirmou que uma barra de chocolate contém cerca de 8 resíduos de baratas (fora de outros insetos), isso por conta do contato que elas tem com o produto ainda na colheita do cacau e no armazenamento.



  • Seu cérebro está localizado no corpo, portanto se ela for decapitada ainda viverá um mês, e só morrerá de fome.

  • Sobrevivem semanas sem água e podem absorver a umidade do ambiente através do corpo.

  • Certas baratas podem gerar 800 baratinhas em apenas 4 anos de vida.

  • Quem tem medo de barata é catsaridafóbico!


Como uma barata consegue saber que tem alguém vindo e antes mesmo de chegar perto ela já sai correndo?

As baratas são quase cegas, porém elas conseguem todas as informações do ambiente em que está através das antenas, onde estão localizados vários pelinhos que conseguem verificar mudanças de temperatura, umidade, vibrações do meio, etc.




Por que elas morrem de cabeça para baixo?

Quando as baratas estão morrendo elas procuram uma maneira melhor de tentar sobreviver, que é respirando de cabeça para baixo, pois há pequenos buracos na parte ventral de seu abdómen que ligam os órgãos respiratórios, assim elas poderiam respirar melhor e morrer mais tarde.




Elas têm alguma fraqueza?

Sim! E esta fraqueza está no fato de não resistirem a um ataque nuclear, o que é pouco provável! Mas ainda há esta esperança.


2 visualizações0 comentário

ECO & VIDA

Associação Comunidade Varzina Educacional Cultural e Comunicação SocialOng.
CNPJ: 02.834.119/0001-95