top of page

A Luta Incansável de Madalena: Uma Vida de Superar Desafios e Cuidar de Vidas

Maria Madalena Custódio, uma mulher forte e resiliente de 65 anos, trilhou uma jornada repleta de desafios e dificuldades, mas também de amor e dedicação.

Nascida em uma família humilde, sua infância em Bom Sucesso, Minas Gerais, foi marcada pela escassez financeira. Seu pai trabalhava exaustivamente no campo, mas as necessidades básicas eram difíceis de serem supridas, e o que restava era revertido em alimentos.


Devido às dificuldades, os pais de Madalena decidiram buscar uma vida melhor e mudaram-se para Jundiaí, São Paulo. A família lutou para sobreviver, trabalhando em pequenos bicos e pagando aluguel em uma modesta casa no Jardim Guanabara. Madalena, com suas três irmãs, logo teve que enfrentar a realidade dura da vida: trocar a inocência da infância por responsabilidades de trabalho.


Aos 12 anos, contrariando a vontade dos pais, Madalena encontrou emprego em uma família que oferecia comida como parte de pagamento por serviços prestados. Durante 20 anos, ela trabalhou incansavelmente sem registro em carteira ou recolhimento no INSS, embora lhe tivesse sido prometido. Estudar ficou em segundo plano, pois ela se dedicava a lavar roupas, limpar quintais e lavar louça, levando comida para sua família ao final do dia.


Aos 16 anos, casou-se e encontrou um lar em Várzea Paulista, onde viveu com seu esposo até a triste partida dele aos 39 anos. Tendo uma filha, hoje com 41 anos, Madalena enfrentou a dor da perda com coragem e determinação, buscando rendas extras para garantir o sustento da família.


Foi então que sua incrível força de vontade e espírito lutador a levaram a encontrar uma nova maneira de sustento. Com uma carrocinha, ela recolhia materiais recicláveis, como papéis, plásticos, ferros e vidros, transformando-os em dinheiro.


Essa atividade lhe proporcionou um novo horizonte financeiro e trouxe um significado ainda maior para sua vida: a paixão por cuidar de animais.


Ao lado de sua luta diária para garantir a sobrevivência, Madalena nutria um imenso amor pelos cães. Ela resgatava cachorros abandonados nas ruas e os cuidava, transformando seu quintal em um pequeno abrigo com quase 20 cachorros que agora eram parte de sua família.


Seu coração generoso e solidário lhe rendeu o apelido carinhoso de "a dama dos recicláveis" em Várzea Paulista, tornando-se conhecida e admirada por todos.


Em 2014, o destino trouxe à sua vida uma oportunidade que mudaria tudo. Madalena conheceu a Associação Eco & Vida, uma ONG responsável pela coleta seletiva e educação ambiental em Várzea Paulista. Indicada por uma amiga, ela conseguiu um emprego no galpão de triagem, conquistando um salário fixo, registro como CLT e benefícios.


Essa nova fase trouxe não apenas estabilidade financeira, mas também a recuperação de sua saúde debilitada.


Hoje, Madalena segue seu trabalho no galpão de triagem, consciente da importância de preservar o meio ambiente e continuar ajudando a comunidade.


Sua dedicação aos cães abandonados permanece, e ela continua sendo uma guerreira incansável em suas causas.


A história de Maria Madalena Custódio nos ensina a importância da persistência, empatia e compaixão em face das adversidades. Sua jornada de superação nos lembra que, mesmo em meio a dificuldades, é possível transformar a própria vida e a vida daqueles que nos cercam.

1.180 visualizações0 comentário
bottom of page